Avaliação da Informação

Dada a elevada quantidade de informação disponível na Internet, através de uma pesquisa é fácil recolher uma multiplicidade de fontes de informação sobre um dado assunto e assumir de que se trata de informação adequada, credível e atualizada. Contudo, pode não ser esse o caso, por isso é importante avaliar a informação a que se acede, quer em suporte papel quer em suporte digital, de uma forma crítica.

Elementos a ter em conta na avaliação da informação :

  • Autoria e responsabilidade: Quem é o autor? Quem é o editor? Credenciais do Autor? Quem é a organização responsável pelo website? Existem contactos?
  • Conteúdo e abrangência: Conteúdo adequado ao tema, objetivos do trabalho?
  • Rigor e objetividade : a informação é clara e isenta de erros?
  • Actualização: qual a data do texto? A página web é recente?

Elementos a ter em conta na avaliação de revistas:

  • Resumo: ler para saber se o assunto é de facto relevante para o estudo…     
  • Data: conferir a data de publicação com as datas das referências, para aferir a atualidade da informação apresentada.  
  • Citações: é importante saber se determinado artigo é referido por outros autores (citado). Se tiver que ler um grande numero de artigos poderá ser util começar por r ler os que foram mais citados, mas cuidado quer a Web of Knowledge quer o Google Scholar fornecem o número de citações de um artigo, mas nalguns casos existem citações porque as respostas eram negativas.
  • Qualidade da informação: uma forma de limitar a pesquisa é faze-lo a artigos ou revistas, revistos por pares. Todas as publicações incluídas na Web of Knowledge pertencem a esta área.
  • Objetividade e rigor: Os argumentos fornecidos pelo Autor são consistentes?
  • Exatidão: encontrou erros factuais que pusessem em causa a qualidade da investigação? Pode verificar a exatidão da informação comparando-a com 2 recursos fiáveis?